O conto de fadas da Estrelinha da Mocidade

Uma história de reconstrução. No carnaval de 2012, a escola de samba mirim da Mocidade Independente de Padre Miguel completa na avenida 20 anos de vida como um exemplo de persistência e de apoio à criança.

Encerrando os desfiles de sexta-feira, a Estrelinha  contará sua história na avenida de uma forma que toda criança se identifica. Bancada do Samba conversou com Ricardo Dias, presidente da escola. No papo, entre outros assuntos, um pouco de como será contado o enredo em 2012, da tarefa que a escola teve em 2011 de reeditar um desfile criado por Renato Lage e a sorte de encerrar pelo segundo ano seguido os desfiles de sexta-feira de carnaval.

BANCADA DO SAMBA – Como está o trabalho de criação? Já tem algo pronto de figurino, alegoria?
RICARDO DIAS – A gente está no processo de criação. É um momento muito especial pra Estrelinha chegar aos 20 anos. É uma data pra ser celebrada com muito carinho. A gente presa muito pelo entendimento da criança, que ela saiba o que está vestindo, o que está representando e entenda o que ela está vendo. E a gente vai mostrar a nossa história em forma de conto de fadas. É interessante porque a nossa trajetoria é bem assim. A escola é fundada em 1992, desfila pela primeira vez em 1993, e por problemas administrativos, a escola fica sem desfilar por 10 anos e retorna em 2002, como proposta de campanha do Pres. Paulo Viana. A ideia de montar a história como conto de fadas é de mostrar essa princesinha, que nasceu num reino distante, sofreu um encanto e ficou adormecida por muitos anos.

BS – Em 2011 vcs fizeram o Grande Circo Místico, enredo do Renato Lage. Queria saber como é foi isso, se vocês curtiram fazer?
RD – Foi um Carnaval em que as pessoas ainda tinham memórias muito vivas desse desfile. E qual era o nosso desafio: refazer o enredo de forma também impactante e conseguir sair um pouco da tagente do que o Renato Lage fez. E a gente conseguiu… ganhamos 12 prêmios ao todo. E foi gratificante, por sermos a escola que fechou os desfiles de sexta-feira (fato que eu até gosto!). Um pouco antes do desfile, começou a chover e eu achei que a meninada fosse amarelar… mas não! As crianças toparam.

BS – Quantas crianças vão pro desfile em 2012?
RD – Acho que 1.300 crianças, como no ano passado, é um número confortável, até mesmo para dar às crianças toda a assistência em termos de transporte e alimentação. Mil e trezentas crianças é ideal também pro tempo de desfile.

BS – …e vcs vão encerrar o desfile de novo…
RD – Graças a Deus! (risos) Encerrar o desfile pra gente é primordial pela distância da nossa comunidade em relação à Marquês de Sapucaí.

BS – Na sua opinão, o que as escolas de samba mirins mais precisam neste momento?
RD – Creio que mais apoio, né? O trabalho que é feito na AESM-RIO
é excepcional. É um grupo fechado e imbuído no sucesso do desfile mirim, mas seria melhor se a gente tivesse mais apoio do poder público no sentido de dar maior estrutura, não somente para o desfile mirim, mas também para as escolas pequenas.

BS – Qual a participação do Paulo Viana no projeto da Estrelinha? Como ele está envolvido no projeto?
RD – Sei que pode parecer um pouco de pretensão da minha parte, mas acredito que o presidente Paulo Viana seja aquele que mais investe no samba mirim hoje. Inclusive, ele destaca muito isso nas entrevistas que dá. A Mocidade Independente nos dá total apoio na produção do desfile, cedendo material, pessoal. Tem gente que acha que é fácil tocar uma escola de samba mirim com uma escola-mãe por trás, mas não é. A gente trabalha com doação, trabalha com voluntariado, ainda mais esse ano que a Mocidade está sem patrocínio… é tudo na base do amor.

Anúncios
  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: